quarta-feira, 17 de julho de 2013

Você consegue imaginar a internet amordaçada?

Internet
por Austri Junior

Edward Snowden ex-funcionário da CIA, denunciou a gravidade dos atos de espionagem do governo norte americano e colocou fogo no mundo. No princípio ele foi considerado (pelo povo americano) como um grande traidor. Passado o calor das emoções, embora alguns americanos considerem legítima a espionagem por parte do seu governo, sobre as suas correspondências (e-mail) e sobre os seus telefonemas, em nome do combate ao terrorismo, outra parte do povo daquele país já começa a pensar que o Snowden, na realidade é um "denunciante". 

Segundo o "denunciante", o governo de Washington espionou o seu próprio povo, os povos de outros países e demais governos mundiais. Tenho acompanhado esse episódio atentamente pois como blogueiro, esse assunto me diz respeito tanto quanto uma possível censura da internet. Quanto à espionagem por parte da Casa Branca sobre outros governos, o fato foi apoiado pela Chanceler alemã, Angela Merkel, que deve estar fazendo o mesmo, assim como os outros governos é claro.


Quando o Snowden pediu asilo ao governo brasileiro, o Itamaraty silenciou, mas quando ele declarou que o governo brasileiro foi espionado, a Presidente Dilma Roussef começou a se espernear dando um "showzinho" em um teatro hipócrita que não vai dar em nada. Acredito realmente que a Dilma está mesmo preocupada - apesar de que  o Barak Obana não estar nem um pouco preocupado com a preocupação dela - pois a Dilma, o Lula, o PT e seus comparsas têm muito o que esconder, e se essa espionagem aconteceu, não aconteceu somente no âmbito da segurança nacional, mas no âmbito pessoal, pois e-mails foram invadidos. Falo isso com foco na corrupção generalizada que se alastrou pelo governo Lula e pelo governo Dilma. Quem sabe, a Casa Branca não tenha conhecimento e cópias de documentos e e-mails do mensalão e de outros eventos corruptos tais como transações inescrupulosas e espúrias entre o Itamaraty e algumas empresas, como as empresas do Eike Batista por exemplo, e muito mais coisas. Levando tudo isso em alta conta, não teria a Dona Dilma, motivos para se preocupar, e para fazer encenar todo esse teatro?


Dilma Roussef foi ao Mercosul e aproveitou para apresentar a sua peça teatral, tentando encontrar vozes que fizessem coro com a sua, aproveitando o fato que de que o avião presidencial do Evo Morales fora proibido de sobrevoar alguns países europeus e por isso teve que fazer um pouso forçado em Viena, na Áustria, sob a suspeita de estar trazendo o Snowden a bordo, quando o Morales voltava da Rússia. Isso mostra o quanto a Europa apoia os EUA, e o quanto a América Latina não passa de latrina para eles. Nós não temos valor algum para os governantes europeus. Se fizeram isso com um presidente, imagina com nós os "reles mortais". Quando o assunto é EUA x América Latina, quem vocês penssam que a Europa vai apoiar? Essa parceria entre a Europa e os EUA contra a América Latina ficou muito clara durante a guerra das Malvinas (ou Falklands Islands).


Em pouco tempo, a Dilma há de estar "cara a cara" com o Barak Obama, pois um encontro entre os dois já está agendado há algum tempo. Vamos ver o que acontece: Será que ela vai afinar a voz, ou será que ela irá engrossar a voz? Será um momento importante, pois é no "tete a tete" que sabemos realmente quem são as pessoas.


Temo que esse episódio - a delação do Snowden - acabe servindo de uma grande cortina de fumaça para que venham colocar censura na internet que ainda é realmente um grande território democrático tanto para os jornalistas e a imprensa de um modo geral, quanto para os "abelhudos" como eu, que gostam de dar os seus "pitacos", e meter o "bedelho", mesmo onde não lhes compete. Mas esse é o grande barato da internet: A liberdade e a democracia. Abelhudos como eu, escrevem tanto coisas boas e úteis, como abobrinhas inúteis. Seja uma ou seja outra coisa, temos o direito de escrevê-las, leia quem quiser... Somos (por enquanto) livres para escrever e as pessoas são livres para rejeitarem.


Desde o governo Vargas (ou talvez, muito antes disso) a CIA anda rondando por aqui como nossa parceira ou não. Vários governos brasileiros com certeza já foram visitados (leia-se espionados) pelo nossa "aliada" - a Casa Branca. Entre esses governos, podemos citar o governo de João Goulart, de Jânio Quadros, de Juscelino Kubitschek... Ou somos tão inocentes de pensar que o Brasil não despertaria tanto interesse da Casa Branca? Quase todos os países - talvez com exceção da Inglaterra - são supostos inimigo dos EUA, na avaliação paranoica dos mesmos. Aliás, a Inglaterra, segundo o Snowden, também foi alvo de espionagem pela Casa Branca. Se eles espionaram o seu "melhor amigo" - a Inglaterra - não espionariam o seu "amiguinho" - o Brasil? Estima-se que 2,3 milhões de telefonemas e e-mails de brasileiros foram monitorados por cerca 54 mil funcionários da NSA, a Agência de Segurança Nacional  norte americana durante o governo Barak Obana.


Todos nós sabemos que o google, o facebook e todas as outras empresas na internet vendem as nossas informações - inclusive as nossas fotos - e não é de agora, isso vem acontecendo há muito tempo. Tenham muito cuidado com as fotos que vocês enviam para o Instagram e com as fotos que vocês postam no facebook. Segundo Edward Snowden, o google e o facebook foram as empresas que mais  cederam informações, inclusive dos brasileiros à Casa Branca. Há também a suspeita de que empresas brasileiras também venderam essas informações.


Essa "suposta" espionagem norte americana não me preocupa e não é nenhuma novidade. Quando digo que "essa 'suposta' espionagem não me preocupa", é porque não tenho nada o que esconder e quase não  uso telefone pois detesto telefones, seja celular ou fixo. Não atendo telefone e na maioria do tempo, o meu celular está desligado, assim como odeio telefones, odeio o chat do msn e do face. O meu google talk, o meu msn, e o meu chat no face são desativados permanentemente. Vocês nunca me verão on-line! Também não vivo trocando e-mails. É possível que eles tenham espionado alguns blogs, e supondo que o meu blog tenha sido espionado, é realmente uma honra que a NSA  ou a CIA tenham lido os meus artigos, textos e postagens, quero mais é que leiam os meus artigos mesmo, é para isso que os escrevo. Falo com transparência o que penso e não escondo isso, pois o meu pensamento é livre e é público e está aí na internet há oito anos para quem quiser ver e ler. O que eu não quero que saibam, eu não falo, não escrevo, e não posto em meus perfis públicos. Se eu tivesse que me preocupar com algo ou alguém, seria com o governo brasileiro, que é alvo constante das minhas críticas contundentes, mas a única coisa que tenho com que me preocupar é com a censura da internet. Quando não puder mais escrever o que penso, deletarei o meu blog, pois para mim não faria mais sentido ter um blog censurado. Seria a mesma coisa que amordaçar-me.

Nenhum comentário: