sexta-feira, 27 de setembro de 2013

O vértice da educação

Educação,
por Austri Junior



Segundo o Dicionário Escolar da Língua Portuguesa, 1995, um vértice é "o ponto mais elevado; cimo; cumo; ápice; ponto onde se reúnem os dois lados de um ângulo; ponto onde se reúnem as duas faces de uma pirâmide." É claro que a educação é tudo isso e muito mais. Aliás, o vértice é um ângulo matemático, e matemática tem tudo a ver com a educação em todos os seus aspectos: Adição, subtração, divisão, multiplicação... Se os dois lados de um ângulo convergem-se em um vértice, isso significa que eu poderia considerar que duas semi retas convergem-se em (perfeita) harmonia? Sinceramente não sei, pois não entendo nada de matemática (talvez os meus amigos, os matemáticos, Luiz Caetano Grecco Teixeira, Leonardo Stuepp e Alberto Coelho Neto possam nos orientar, fazendo um comentário aqui nessa postagem). Esse ponto de partida que escolhi para ilustrar e titular o meu texto é extenso e muito diversificado, por isso vou ficando por aqui, para entrar no assunto que ocupa realmente o meu pensamento sobre "o vértice da educação".

Penso que o vértice da educação é a conversão (transformação)! Teologicamente a conversão significa mudar o vértice, mudar a direção, transformar-se. Como tenho um Olhar Teológico sobre todas as coisas e ideias, vejo que a transformação do professor em educador, culminará no ápice da educação. O que realmente quero dizer com isso? Simples: Nem todo professor é um educador. O professor  ensina apenas os conteúdos. O educador se envolve e envolve o outro na sua busca por transformação. O educador busca a sua própria transformação e a transformação dos "seus" educandos. O educador se preocupa durante e após, o educador quer ver o crescimento dos educandos dentro e fora do contexto educacional e social ao qual os mesmos estão inseridos. O bom e verdadeiro educador faz intervenções pedagógicas, intervenções socioeducativas, e quando necessário, faz também  intervenções disciplinares. Ele orienta, consola, conforta, ama..., educa, ensina e aprende!

A educação no Brasil só vai melhorar quando os professores se transformarem em educadores. Diante desses fatos, posso dizer que  para melhorar a educação é necessário primeiramente educar aqueles que denominamos (ou que se autodenominam) educadores. Muitos reclamam dos estudante e de suas famílias, das escolas, do sistema, dos políticos que fazem pouco caso da educação... Entretanto, existem professores aos quais deveríamos dizer-lhes: "Pedi pra sair!" Pois muitos desse elementos estão deseducando os educandos, e atrapalhando a educação, e são uma grande vergonha para a sua classe, e não são referência nem para si mesmos. Não podem nem se olhar no próprio espelho. Para que a educação atinja o seu vértice é preciso que muitos desses professores se auto convertam, e uma vez convertidos, que mudem significativamente o ângulo dos seus vértices (direções): Ou melhora ou vá embora! Que se transformem em educadores ou que mudem de profissão.

Nenhum comentário: